domingo, 12 de fevereiro de 2012

Harry in my life!

Oi Potterianos de plantão! (E não Potterianos também, é lógico!)

Estava realmente pensando em abandonar o blog de novo, por dois motivos. Um: Minha inspiração não tá lá em cima. Dois: Sou muito insegura. Mas aí a minha wiz linda, me disse pra ver outros blogs e tal e eu corri pro Miss A. Enquanto eu ia lendo e me identificando com muitos posts e tudo mais de lá, me senti mais segura a escrever tudo do meu jeito sem restrições e desisti de abandonar o blog outra vez. Por esses motivos, vou falar de algo que realmente me encanta, e que eu fui conhecer (tão tarde, mas não tarde demais!) no finalzinho do ano passado, Harry Potter!

Até novembro/dezembro de 2011, eu só tinha ouvido falar (que burrice a minha!) sobre Harry Potter, sabia apenas que era um bruxo, que tinha filmes e livros e fim. Até que um dia minha amiga me ligou e pediu pra assistirmos filme na casa dela. E foi neste maravilhoso e encantador dia (no qual até o momento do filme eu estava morrendo de tédio...) que eu conheci a saga mais indescritível da face do planeta Terra! Harry Potter e a Pedra Filosofal me levou a conhecer um mundo tão mágico e tão encantador que eu realmente quase não acreditava que o tivesse ignorado por tanto tempo. Depois desse finalzinho de domingo extremamente mágico eu fiquei muito curiosa pra ver o desenrolar da história, o que Harry iria encontrar no segundo, no terceiro, no quarto... filmes, o que iria acontecer com ele, Ron, Mione, Hagrid e todos os outros, e na semana em que eu vi o primeiro filme eu já corri pra minha amiga implorando (sem exagero!) pra ela me passar os outros filmes. E conforme ela passava mais eu me encantava e mais vontade de magia eu tinha. Então, quando chegou no último filme da saga eu comecei a ir semanalmente a biblioteca pra ler os livros (li Harry Potter e a Pedra Filosfal em menos de 24 horas, sente só!), e cada vez que eu descobria uma coisa nova sobre HP mais apaixonada eu ficava, (rebloguei um tumblr inteiro sobre HP, haha) hoje estou nos capítulos finais de Harry Potter e as Relíquias da Morte e já estou morrendo por saber que não há mais livros ou filmes. E pra compensar essa saudade dos livros e filmes (que tenho todos aqui no pc) eu acompanho cada notícia sobre os filmes, os atores, sobre a Jo e tudo que estiver ao meu alcance (to até guardando dinheiro pra comprar a coleção, o que é um verdadeiro milagre!). Já assisti os filmes inúmeras vezes, e cada vez encontro um detalhe a mais, seja um sorriso, uma bronca, um abraço, uma careta que eu não tenha notado da última vez. Minha paixão, verdadeiro amor diga-se de passagem agora, cresceu tão rápido e tão magicamente, como nunca havia acontecido comigo antes. Já passei pelo fato de dizerem que eu não sou fã porque não acompanho desde o primeiro filme, e a própria Jo respondeu isso dizendo, pelo que eu entendi, que não importa o tempo em que você seja fã e sim o quanto você gosta da saga (se eu encontrasse a imagem eu postaria pra vocês). Desde o dia em que HP apareceu na minha vida, nada é igual, eu vi que realmente existem amizades verdadeiras e coisas pelas quais vale a pena lutar. Por isso, sem mais delongas eu quero agradecer do fundo do meu coração a Jo que mudou meu modo de enfrentar as coisas e de ver o que realmente vale a pena.

Obrigada Jo!

By the way, escrevi esse post ouvindo a trilha sonora de Harry Potter e as Relíquias da Morte (Parte II) então vou colocar algumas delas aqui.







Espero que tenham gostado, até a próxima! (:

2 comentários:

Miss A. disse...

Seu post está incrível! Assim como você sou muito agradecida a Jo e ao mundo do Potter por me ensinar algumas das melhores coisas que eu sei.
Com o Harry eu aprendi a ser mais corajosa e a enfrentar meus medos! Aprendi o que é amizade verdadeira. Aprendi que o amor vence tudo. Aprendi que as melhores coisas da vida não são grandes... Aprendi que o mundo é movido pelos sonhos e que a gente nunca pode desistir de lutar pelo que a gente acredita!
Eu leio Harry Potter desde os meus 8 anos e sou muito apegada a ele; sempre quando tenho problemas ou quando estou triste ou muito feliz eu leio um trecho de algum livro. Isso me ajuda a lembrar do que é certo! Acho que não importa o quanto eu fique velha eu sempre vou querer estar lá. Junto com meus melhores amigos!
Desde que comecei a ler não passei um ano se quer sem ler toda a coleção (menos no começo que não tinham todos ainda) e alguns dos melhores momentos daqueles dias em que você se sente só foram passados antes de dormir, com minha saga favorita e com meu bruxo mais corajoso.

Não desista do seu blog Ana!Ele está muito lindo e doce :) Respondi seu e-mail com algumas dicas de como seguir firme e forte, hehe. Beijinhos! E você tem um ótimo gosto pra livros e filmes hahaha.

Algodão Doce disse...

Ah, muitissimo obrigada. *-* Fico muito feliz em saber que você gostou. (:
Adorei seu email também. E com certeza você também tem um excelente gosto para livros e filmes, haha.